Arquivo da tag: irmãos da maranata morrem em acidente grave

igreja cristã maranata – TESTEMUNHA DE ACIDENTE GRAVE COM IRMÃOS DA OBRA!

TESTEMUNHA DE ACIDENTE GRAVE COM IRMÃOS DA OBRA!

igreja cristã maranata - TESTEMUNHA DE ACIDENTE GRAVE COM IRMÃOS DA OBRA!

igreja cristã maranata – TESTEMUNHA DE ACIDENTE GRAVE COM IRMÃOS DA OBRA!

Eu gostaria de relatar aos irmãos algo que ocorreu há alguns anos atrás, quando pude por certo viver um conflito entre a teoria disseminada na seita maranática, e que eu acreditava, de nunca nada de mal acontecer com o icemita, e a prática do mundo real, fora da icm!

Um dia, enquanto residia no Estado do Rio de Janeiro, mais precisamente em dezembro de 2004, estava me dirigindo para a madrugada em uma unidade local. Era costume, naquela unidade, após a madrugada, nos sábados, como era aquele dia, o grupo de intercessão (GI) se reunir.

Veja como funciona o GI na seita em http://diganaoaseita.wordpress.com/2012/08/10/
cha-com-bolachas/.

Contudo, já ao despontarmos no portão da igreja, fomos destacados pelo pastor para formarmos um grupo e nos deslocarmos até a BR, oportunidade em que nos foi comunicado a respeito de um acidente, com mortes, ocorrido com irmãos oriundos de Barra Mansa/RJ, os quais transitavam para o maanaim de Domingos Martins/ES.

Era um dia chuvoso, e eu, juntamente com mais dois irmãos, fomos até o local indicado como o do acidente. Em lá chegando, a cena foi chocante: o ônibus com cerca de quarenta por cento de sua frente destruída, corpos no chão, de pessoas sem vida, e alguns ainda presos na ferragem. De pé, próximo ao local do acidente, encontrei um senhor de meia-idade, que usava bigode, branco, com compleição média, e que se identificou como o Pr. Max.

Ao ser abordado por mim, o Pr. Max deu um suspiro de satisfação, alegre por receber o apoio de um irmão, que estava lá para oferecimento de ajuda, no que se fizesse necessário.

Irmãos, a visão daquele dia ficou na minha mente até hoje, de tão chocante foi a imagem que presenciei.

Em conversa com o Pr. Max, o mesmo apontava para alguns irmãos, deitados mortos no chão, e aí acontecia um misto de apresentação e despedida, dos irmãos que nem conhecia enquanto vivos, mas que infelizmente tive o desprazer de ter contato com eles apenas naquela situação.

O que me marcou ainda mais foi que alguns ali, segundo relato do Pr. Max, eram novos convertidos, e estavam indo pela primeira vez ao maanaim. Infelizmente foi a primeira e última vez!

Bem, outro fato marcante é que, naquele dia, ao encontrarmos um servo do Senhor, de uma outra denominação, que fazia parte do Corpo de Bombeiros local, o irmão citado alertou que teríamos que tocar nos corpos no intuito de retirar todos os objetos de valor, tais como relógios, anéis, dinheiro, cordões, e outros. E foi o que fizemos, mesmo com toda a dificuldade de manuseio dos corpos, devido ao tempo de enrijecimento, e todos os pertences foram ensacados e entregues ao Pr. Max.

Agora, por que estou relatando este ocorrido? Para provar que desastre acontece também com irmãos da seita maranática. Jamais, usaria esse acontecimento triste para afrontar alguém, sendo o detalhamento, feito aqui, plena prova de que os fatos foram reais, ao contrário das estorinhas que gedelspapa inventa para persuadir os formatados debaixo da teoria do medo, promovendo terrorismo e desencorajamento de saída da seita.

Era o registro que gostaria de fazer!

Veja o link da notícia veiculada pela Folha de São Paulo no dia do acidente:

http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u103192.shtml

A Paz do Senhor!

Publicado em http://cavaleiroveloz.com.br/index.php/2011/11/muita-coisa-esta-errada-dentro-desta-igreja/comment-page-5/#comment-17827

fonte: http://diganaoaseita.wordpress.com/2012/09/28/testemunha-de-acidente-grave-com-irmaos-da-obra/